Eliminatórias: Mbappé perde pênalti, mas França bate Cazaquistão e conquista 1ª vitória

Os franceses asseguraram o triunfo com um gol de Dembélé e outro marcado contra do zagueiro Maliy, ambos na etapa inicial

A França conquistou a primeira vitória nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, ao derrotar o Cazaquistão por 2 a 0 neste domingo. Fora de casa, na Astana Arena, a mais de 5 mil quilômetros de Paris, os franceses asseguraram o triunfo com um gol de Dembélé e outro marcado contra do zagueiro Maliy, ambos na etapa inicial. Mbappé perdeu um pênalti no segundo tempo, mas não fez falta. O resultado reabilita a seleção francesa, que havia tropeçado na estreia do torneio ao empatar por 1 a 1 com a Ucrânia em casa. Os atuais campeões mundiais pularam para a liderança do Grupo D, com quatro pontos. No entanto, Ucrânia e Finlândia se enfrentam neste domingo e podem tomar o primeiro lugar do time de Didier Deschamps.

O Cazaquistão é o lanterna da chave e segue sem pontuar, mas só entrou em campo uma vez. Vale ressaltar que o grupo tem cinco integrantes. Portanto, uma seleção sempre irá folgar a cada rodada. Desta vez, quem folgou foi a Bósnia, próximo adversário da França na quarta-feira, às 15h45 (de Brasília). Os cazaques encaram a Ucrânia, no mesmo dia e horário. A seleção francesa entrou em campo com nove alterações em relação à escalação que enfrentou os ucranianos no primeiro jogo das Eliminatórias. Deschamps decidiu preservar vários titulares e também fazer algumas experiências. O time não foi brilhante e teve até dificuldade na criação das jogadas, mas fez o suficiente para sair com um triunfo sem sustos.

O primeiro gol se originou em jogada rápida de Martial, pelo meio. O atacante chegou na entrada da área e acionou Dembélé, que dominou e bateu cruzado para abrir o placar aos 18 minutos da etapa inicial. Aos 44, Griezmann cobrou escanteio no meio da área e o zagueiro Serhiy Malyi mandou de cabeça contra o próprio gol, ampliando o marcador. Mbappé entrou na vaga de Martial no começo do segundo tempo e incendiou o jogo. O atacante do Paris Saint-Germain exigiu duas boas defesas do goleiro Mokin e sofreu pênalti ao levar um carrinho por trás. Na cobrança, Mokin acertou o canto e fez a defesa. Depois disso, os visitantes diminuíram o ritmo e passaram a administrar a vantagem. No fim, o saldo foi positivo para os franceses, que se pouparam e faturaram a primeira vitória na competição.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Deixe um comentario