Sem restrições, Nova Zelândia realiza festival de música para mais de 120 mil pessoas

Evento ‘CubaDupa’ contou com mais de 1.700 artistas em 50 palcos espalhados pela cidade de Wellington no último final de semana

Sem restrições pela Covid-19, a Nova Zelândia realizou o maior festival ao ar livre do mundo desde o início da pandemia, em março de 2020. O CubaDupa é um dos festivais de rua mais tradicionais do país e teve a participação de mais de 120 mil pessoas durante os dois dias de realização. O evento aconteceu em Wellington durante 19 horas em 50 palcos que mesclaram apresentações e desfiles, incluindo cerca de 1.750 artistas. Em entrevista ao site ‘Scoop Culture’, o diretor do festival, Gerry Paul, falou sobre o evento. “A equipe e eu estamos agitados! Nós nos sentimos muito sortudos por poder hospedar o festival mais diverso e criativo da Nova Zelândia, e o que sabemos ser o maior festival de música e artes do mundo atualmente”, disse.

Nas redes sociais, muitos dos participantes postaram imagens e vídeos do evento. Embora todas as restrições sociais tenham sido removidas na cidade, os participantes foram incentivados a usar códigos QR para compras. Um grupo patrulhou as ruas, fornecendo desinfetante para as mãos. Neste fim de semana, a cidade de Barcelona também realizou um show para cinco mil pessoas como parte de um experimento. Segundo Gerry Paul, essa edição do CubaDupa foi a mais movimentada. “Os artistas, o público, os fornecedores, os vendedores – todos sorriam de orelha a orelha, dançando e desfilando pelas ruas”, explicou.

Deixe um comentario