Brasil registra 1.139 mortes por Covid-19 e total se aproxima de 400 mil

Dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de atualização de boletim realizada às 18h desta segunda-feira, 26

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 1.139 mortes por Covid-19, fazendo com que o total de óbitos se aproximasse de 400 mil. No momento, o país soma 393.936 vítimas fatais registradas desde o início da pandemia, em março de 2020. No mesmo período, foram contabilizados 28.636 novos casos, elevando o total de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes para 14.369.423. A média móvel de mortes pela doença nos últimos sete dias caiu para 2.465, assim como a média diária de casos, que foi para 58.533. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de atualização de boletim realizada às 18h desta segunda-feira, 26.

O governo federal conta com a chegada ao Brasil, na próxima quinta-feira, 29, de um milhão de doses da Pfizer. Essa será a primeira remessa de um contrato de 100 milhões de doses da vacina firmado pelo governo com o laboratório norte-americano. No fim de semana, o ministério atualizou o cronograma de chegada de novas doses. Houve uma queda de 31% na previsão para o mês de maio por conta de problemas com a Covaxin, que é a vacina do laboratório indiano, e a indefinição em relação a vacina russa Sputnik V. Agora, em abril, a previsão é de que o total de vacinas chegue em 26,6 milhões. Na última semana, o Brasil superou a meta e chegou a vacinar 1,7 milhão em um único dia. Em maio, quando deve começar a imunização da população com comorbidades, que são aquelas doenças que costumam tornar a Covid-19 ainda mais grave, o número de doses deverá chegar a quase 32,5 milhões — mantendo a previsão de imunizar todo o grupo prioritário até setembro.

Deixe um comentario