Comissão liderada por Aécio convida novo chanceler para falar sobre políticas e pandemia

Por se tratar de um convite, o novo chefe do Itamaraty não é obrigada a comparecer

A comissão de Relações Exteriores aprovou o convite para ouvir o chanceler Carlos Alberto França na Câmara dos Deputados. Ele assumiu o Itamaraty após a saída de Ernesto Araújo. O requerimento foi apresentado pelo presidente, deputado Aécio Neves. “Há uma grande expectativa de qual será a postura do novo ministro em relação a várias questões que serão levantadas pelos ilustres membros dessa comissão sem, obviamente, deixarmos de lado a seriedade e a profundidade necessárias às questões referentes a pandemia e o papel do Ministério das Relações Exteriores na ampliação do acesso do Brasil e brasileiros a insumos e vacinas.” O ministro Carlos Alberto França foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro após chefiar o cerimonial do Palácio do Planalto e comandar a assessoria especial da Presidência da República.

A comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional pretende ouvir também o ex-ministro da Defesa Fernando Azevedo e os ex-comandantes das Forças Armadas. O requerimento é do deputado Henrique Fontana. “Já que há um rumor muito grande no país sobre o significado dessa demissão em massa da chefia e comando das Forças Armadas, acho que seria de todo positivo que a nossa comissão pudesse ouvi-los em uma reunião tranquila, como deve ser tratada, com toda a serenidade.” O requerimento será apreciado na próxima reunião da comissão de Relações Exteriores. O presidente Aécio Neves garante que dará um prazo ao chanceler Carlos Alberto França para poder se inteirar dos temas da pasta antes de agendar a reunião. Por se tratar de um convite, o novo chefe do Itamaraty não é obrigada a comparecer.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos

Deixe um comentario