EUA ampliam vacinação contra Covid-19 para todos a partir de 16 anos

Enquanto aplica cerca de três milhões de doses do imunizante a cada dia, governo de Joe Biden desaconselha viagens a 80% dos países do mundo

Cumprindo uma promessa do presidente Joe Biden, o governo dos Estados Unidos anunciou que a partir desta segunda-feira, 19, todas as pessoas com 16 anos ou mais podem receber a vacina contra Covid-19. Desde que o democrata assumiu o comando da Casa Branca, o país saltou de uma média de 300 mil doses aplicadas por dia no início de janeiro para mais de 3 milhões em abril. Atualmente, 40% dos norte-americanos (130 milhões) receberam pelo menos uma injeção e 24% (82 milhões) já completaram a imunização. Segundo o Our World in Data, os Estados Unidos lideram o ranking mundial de vacinação, com mais de 205 milhões de unidades aplicadas no total. Porém, o país aparece em 9º no ranking proporcional de vacinação, com 61,56 doses para cada 100 habitantes.

EUA desaconselham viagens a 80% dos países do mundo

No mesmo dia, os Estados Unidos informaram que ampliarão significativamente a lista de países para os quais não recomendam que os norte-americanos viajem. Com a adição de 130 nomes, o compilado passará a incluir cerca de 80% de todas as nações do mundo. Para justificar a mudança, o Departamento de Estado afirmou que está dando mais peso às avaliações epidemiológicas feitas pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e que existe um risco “sem precedentes” para o viajantes devido à pandemia do novo coronavírus. O Brasil está entre os países para os quais a recomendação é não viajar.

Deixe um comentario