Mauro Beting detona criação da Superliga Europeia: ‘Pior decisão da história’ 

Em participação no programa ‘Esporte em Discussão’, na tarde desta segunda-feira, 19, o comentarista do Grupo Jovem Pan argumentou que a competição inicia um processo de elitização no futebol

O comentarista Mauro Beting criticou os doze clubes responsáveis por criar a Superliga Europeia, torneio que surge como oposição à Liga dos Campeões, organizada pela Uefa, entidade máxima do futebol europeu. Em participação no programa “Esporte em Discussão”, na tarde desta segunda-feira, 19, o jornalista argumentou que a competição inicia um processo de elitização no futebol, que aumentaria ainda mais a diferença dos mais ricos para os mais pobres. Além disso, o profissional do Grupo Jovem Pan afirmou que o formato do campeonato deixaria de ser atrativo em questão de pouco tempo.

“Nunca na história desse mundo aconteceu algo parecido. Para mim, a criação da Superliga Europeia é a pior decisão tomada na história”, disse Mauro Beting. “É legal ter Real Madrid x Liverpool, mas ter toda hora será que é legal? É legal ter uma Copa do Mundo todo ano? E outra coisa: é contra o mérito esportivo, contra a origem. Pegando os quatro últimos melhores jogadores do planeta, ou seja, Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Luka Modric e Robert Lewandowski, todos começaram de times pequenos. Esses clubes vão ficar menores ou até mesmo acabar se esse processo de elitização continuar. Isso é um risco real”, acrescentou.

Fundada por ArsenalChelseaLiverpoolManchester UnitedManchester City e Tottenham (Inglaterra); Atlético de MadridBarcelona Real Madrid (Espanha); JuventusInter de Milão e Milan (Itália), a Superliga Europeia também deverá contar com mais três clubes fixos, além de outros cinco convidados, sem rebaixamento. A Uefa, porém, tenta impedir a realização do torneio, que ainda não tem data para começar. Outras grandes agremiações, como Bayern de Munique, Borussia Dortmund e PSG também disseram ser contra a competição. 

Assista ao debate abaixo:

 

 

Deixe um comentario