Primeiro-ministro francês provoca risos ao citar cloroquina no Brasil para rebater deputado

Jean Castex ressaltou que o governo da França nunca recomendou o uso do medicamento contra Covid-19

O Brasil foi citado como um país com políticas públicas ineficazes contra a pandemia durante uma discussão na Assembleia Nacional da França. O primeiro-ministro francês levou o Parlamento às gargalhadas nesta semana ao mencionar a recomendação do uso de hidroxicloroquina para tratar a Covid-19. Durante o discurso em que anunciou a suspensão de voos entre França e Brasil, Jean Castex citou a situação do Brasil, a qual chamou de “dramática”.

Ele afirmou ter preocupação com a disseminação da variante do coronavírus encontrada no Brasil, a P.1, originada em Manaus, e lembrou que o país foi o que mais prescreveu o medicamento sob orientação do presidente Jair Bolsonaro. A fala do premier francês arrancou aplausos e risadas da Assembleia; o momento tem repercutido nas redes sociais. Jean Castex ressaltou que, ao contrário do Brasil, o governo da França nunca recomendou o uso da hidroxicloroquina contra a Covid-19 e que foi ativo ao combater a pandemia.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini

Deixe um comentario