São Paulo iniciará vacinação de pessoas acima de 65 anos no dia 21

A partir desta quarta-feira, 7, moradores do Estado poderão fazer cadastro vacinal por meio do WhatsApp; cerca de 1,1 milhão de pessoas entre 65 e 67 anos devem ser imunizadas

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 7, a ampliação da faixa etária de vacinação para moradores do estado. “Pessoas com 67 anos poderão ser vacinadas no estado de São Paulo a partir do dia 14 de abril. Pessoas de 65 e 66 anos poderão começar a ser vacinadas em São Paulo no dia 21 de abril, uma semana depois”, afirmou o governador João Doria em coletiva de imprensa. A expectativa é de que mais de 1,1 milhão de pessoas nessas faixas etárias sejam beneficiadas com a imunização: 350 mil com 67 e 760 mil com entre 65 e 66. Até o momento, 5,1 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina em SP e 1,8 milhão foram imunizados com as duas doses. Além do site “Vacina Já”, a partir desta quarta-feira o pré-cadastro poderá ser feito pelo WhatsApp. Os moradores precisarão enviar uma mensagem para (11) 95220.2923. “A parceria é inédita no Brasil e vai permitir que as pessoas economizem o seu tempo em até 90% para que possam fazer a sua vacina no momento de se vacinar”, explicou a coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

Distribuição de doses

O governo do Estado também anunciou a distribuição de 1 milhão de doses da vacina do Instituto Butantan contra a Covid-19 para o governo federal nesta quarta, o que totaliza 38,2 milhões de doses entregues desde o início do ano. “Já temos produzidas 41 milhões e 400 mil doses e aguardamos a chegada de mais matéria prima da China nos próximos dias para iniciar a fase final deste contrato de 46 e iniciar outro contrato de 54 milhões”, afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. Segundo ele, a matéria prima da China deveria ter sido entregue nesta semana, mas agora está prevista para a próxima. Segundo dados desta quarta-feira, São Paulo tem 2.576.362 casos e 79.443 óbitos causados pela doença até o momento. A taxa de ocupação de leitos no Estado é de 89,9%.

Deixe um comentario